22 de dezembro de 2009

SEXO FRÁGIL

AO DESPENCAR NO ABISMO DESSA PAIXÃO, MIL FRAGMENTOS DO MEU EGO SE ESPALHARAM NA ESCURIDÃO.
EU DESEJEI NO AUGE DO MEU ORGULHO FERIDO JAMAIS TER CONHECIDO TAL CRIATURA.
POREM MESMO TENDO DEVORADO MEU CORAÇÃO ATÉ NAO SOBRAR QUASE NADA, ESSE SER CRUEL RETORNA PRA ME ASSOMBRAR. E CONSEGUE SEM REMORSO ALGUM, FAZER SEU SHOW DE ILUSÕES. ME PRENDENDO EM DOCES ARMADILHAS,NAS QUAIS SEI COM PESAR QUE NÃO ESCAPAREI.
OH...ATÉ QUANDO ESSE VIL SER BESTIAL,ME ATORMENTARÁ? SUGANDO O NECTAR DE MEUS MAIS PUROS SENTIMENTOS.
APROVEITANDO SE SEMPRE DE MINHA FRAGILIDADE MASCULINA.
SORVENDO MINHA CONCIENCIA EM GRANDES GOLES, E SEMPRE DEPOIS ME CUSPINDO DE VOLTA AO ABISMO, ONDE PERMANEÇO PERDIDO EM MEIO AOS CACOS DO MEU ORGULHO FERIDO. MARCIO FREITAS


0 comentários: