1 de dezembro de 2009

Miséria

Não há sentido na nossa miséria; fome não é prova de fortaleza, é apenas não ter comido!... Esforço não é vergar as costas e arrastar, não é mérito!... A miséria não é condição das virtudes, meus amigos!... E não me venham com a beleza das riquezas que fomos capazes de produzir!...Se a nossa gente fosse abastada e feliz, aprenderia as virtudes da abastança e da felicidade. Mas hoje, as virtudes dos pobres nascem... da pobreza!Eu abomino isso! Sim, abomino! Ou vocês querem que eu minta a nossa gente?

2 comentários:

Má Montes disse...

falou o futuro vereador de ajazeiras.. se minha zona eleitoral fosse em sua cidade, eu votaria em vc.. ahahahahaha

aiyeom disse...

o discurso alicerçado. desmedido, contido por mera insinuação de quem não acredita que a miséria é tão fria quanto o amor...intensifica-se os tédios e a miséria dita infame corrompe-se sendo sempre vilã e miserável......